Como limpar pincéis

Como limpar pincéis

É frustrante descobrir que o pincel que você precisa para acabar o seu trabalho é uma massa dura de cerdas grudentas porque ele não foi limpo corretamente depois do uso, e a única solução é ir até a loja comprar um novo. Mas a limpeza do pincel é fácil e só requer um pouco de atenção.

Encare a limpeza do pincel, e de todo o equipamento, como parte do trabalho de acabamento. Comprar um pincel de boa qualidade, e mais caro, também aumenta a vontade’ de deixá-lo limpo após o uso. E, claro, aumenta a qualidade do seu trabalho.

Estes são os passos para a limpeza do pincel:

1 Remova qualquer excesso do verniz ou tinta com pano ou papel. Funciona melhor se você espremer o pincel próximo à virola – o metal que une as cerdas ao cabo – e acompanhe as cerdas até a ponta. Mas não puxe as cerdas. Você também pode remover o excesso pintando uma superfície qualquer.

2 Enxagüe o pincel com o solvente apropriado para o produto que você está usando. Para vernizes alquídicos e poliuretano, use thinner. Para goma laca, use álcool. Para produtos à base d´água, use água morna mas não fervente, porque ela ataca a virola do pincel. Um pote de vidro com tampa é ideal para guardar sobras de solvente utilizado na limpeza.

3 Remova o excesso de solvente do pincel como você fez com o verniz.

4 Continue a limpeza com detergente diluído em água morna. Molhe bem as cerdas e escove-as com os dedos para remover quaisqur resíduos que ainda estejam presos. Enxagüe o pincel com água e repita até que a água do enxágüe sai limpa. Parece um pouco estranho limpar verniz ou tinta à óleo com detergente e água, mas funciona.

5 Depois do enxágüe final, seque o pincel com uma toalha de papel e aperte bem. Para guardar o pincel utilize a embalagem original, papel marrom enrolado para proteger as cerdas ou papel toalha seco. Isto evita que as cerdas abram e mantém o formato do pincel.

Dicas para limpeza do pincel

  • Mergulhe o pincel no solvente apropriado antes de carregá-lo com o verniz/tinta. O solvente sobe até a virola do pincel e torna muito mais fácil a limpeza depois porque evita que o acabamento seque no verniz durante a aplicação.
  • Use o tipo correto de pincel: cerdas naturais ou sintéticas especiais para produtos à óleo, e cerdas sintéticas para produtos à base d´água. Não use um pincel de cerdas naturais para produtos à base d´água porque as cerdas absorvem a água e perdem o formato.
  • Não carregue demais o pincel com o verniz/tinta mergulhando-o até a virola no acabamento.