Como evitar problemas no tingimento da madeira

Como evitar problemas no tingimento da madeira

Algumas espécies de madeira como o pinus não absorvem uniformemente os pigmentos e corantes dos tingidores e o resultado é um acabamento desigual e manchado. É fácil evitar o problema controlando-se a quantidade de pigmento que a madeira absorve.

E a maneira mais fácil de se controlar a absorção do pigmento é aplicar uma camada fina de um selador ou óleo penetrante na madeira antes de aplicar o tingidor. Entre as opções estão a goma laca, os óleos Brasile e de tungue e seladores comuns. Estes produtos fecham os poros da madeira, compensam a absorção desigual de diferentes áreas da superfície da madeira e formam uma boa fundação sobre a qual pode o tingidor pode ser aplicado.

Sempre lixe a madeira depois da aplicação do selador e limpe toda a superfície para remover qualquer sujeira que possa interferir no acabamento.

Teste o tingidor

Separe um pequeno pedaço da madeira que será tingida para testar a cor. Aplique em áreas separadas da peça uma, duas, três ou mais demãos do tingidor para ver qual o resultado. Qualquer experiência feita desta maneira não precisa ser consertada depois. Se não for possível utilizar uma madeira separada, escolha uma parte da peça que não seja tão visível – por exemplo, a parte interna de um armário.

Além de saber como a madeira ficará depois de tingida você se familiariza com o produto durante o teste e verifica o tempo que ele leva para secar, o quanto a madeira absorve e a rapidez com que será necessário aplicá-lo.

Passe um pano

Aplique o tingidor em pequenas áreas de cada vez e imediatamente depois passe um pano seco e limpo no sentido dos veios da madeira para controlar a quantidade de produto que a madeira irá absorver e igualar acor. O pano nivela as pinceladas do tingidor e, se você aplicar em excesso, pode umedecer o pano com o mesmo solvente do tingidor e remover uma parte do produto aplicado.