Extrato de nogueira

Dicas

  • O pigmento deve ser sempre o primeiro produto a ser aplicado na madeira. Não aplique sobre verniz e cera. Sobre óleo, o tingimento será mínimo.
  • Teste a diluição necessária para obter o tom desejado: em um pote de vidro, despeje uma pequena quantidade de extrato de nogueira e dilua aos poucos. Se possível, tente obter o tom desejado em apenas uma demão.
  • Você pode aplicar o extrato de nogueira com pano ou pincel. A quantidade de pigmento sobre a madeira é menor com o pano – e a cor final mais clara. Para ebanizar a madeira e obter tons mais escuros, use o pincel.

Preparação

Todo tingimento começa com uma boa preparação da madeira. A madeira deve estar crua, sem nenhum acabamento. Tenha um cuidado especial com o lixamento, pois as marcas de lixa ganham destaque com o tingimento.

Antes de aplicar

Diluição: em qualquer proporção com água.

Teste: sempre faça um pequeno teste antes de aplicar na peça que será acabada para avaliar o trabalho necessário e o acabamento final. Se você não tiver uma madeira extra, escolha uma parte que não aparece muito – o verso do tampo de uma mesa, por exemplo – para fazer os testes de acabamento.

Aplicação

Todas as demãos são aplicadas da mesma forma: molhe o pano/pincel com extrato de nogueira e espalhe sobre a madeira, seguindo os veios. Se quiser um tom escuro, aguarde até que o solvente tenha evaporado antes de aplicar o acabamento. Para deixar o tom mais claro e uniforme, esfregue um pano limpo no sentido dos veios.

Se precisar corrigir manchas e defeitos, molhe um pano com água e esfregue sobre a madeira tingida. Isto remove a maior parte do extrato.

Intervalo entre as demãos: 2 horas.

Aguarde até que o extrato esteja totalmente seco antes de aplicar o acabamento.

Armazenamento: guardar em local fechado, seco e com temperatura moderada.